[ editar artigo]

Como podemos criar vínculos com nossos filhos nos momentos em que eles mais nos decepcionam?

Como podemos criar vínculos com nossos filhos nos momentos em que eles mais nos decepcionam?

Hoje quero falar com vocês sobre como podemos construir vínculos com nossos filhos no momento em que eles mais nos decepcionam.

E aí você vai me perguntar, como assim?

Quando nossos filhos fazem algo que desaprovamos, quase sempre nossa primeira atitude é reagir gritando, acusando e colocando de castigo.

Não estou aqui dizendo que não temos de impor limites, mas sim quero te mostrar que podemos usar esses momentos para ensiná-los.

Estudiosos já comprovaram que, diante do conflito e de um estado emocional muito forte o cérebro abre uma janela de aprendizado e a capacidade de memorizar aumenta em várias vezes, muito mais do que nos momentos de calma.

 Então diante de um conflito onde sua criança faz birra e seu adolescente tem um comportamento de rebeldia e confronto com sua autoridade a possibilidade de aprendizado dele é potencializada.

E é ai que precisamos surpreendê-los e no lugar de gritar, culpar e apontar os erros,  mostrarmos a eles que estamos tristes e insatisfeitos com o comportamento inadequado que tiveram, mas que o amor que sentimos é o mesmo, e que confiamos neles e sabemos que são muito maiores do que tudo isso.

E assim estaremos acessando essa janela de aprendizado e a capacidade de memorizarem e aprenderem o que estamos ensinando naquele momento é potencializado.

Educar não tem a ver com o que a gente ensina e sim com o que o outro consegue aprender.

Nossos ensinamentos só vão gerar aprendizados se nossos filhos conseguirem absorver esses ensinamentos e colocá-los em prática na vida deles.

Não podemos só reagir diante dos acontecimentos, precisamos agir intencionalmente, isto é, qual a nossa intenção naquele momento só castigar ou educar?

Educar é uma arte, então usar esses momentos de conflitos e erros não para nos desestruturarmos, mas para pensarmos em como podemos criar mais e melhores vínculos de amor com nossos filhos é essencial para construirmos uma família mais saudável e harmoniosa.

E você está disposta a pensar em novas maneiras de criar vínculos de amor com seus filhos?

Mundo Cambalhota
Rosani Sixel
Rosani Sixel Seguir

Sou casada com Luis Henrique a 27 anos, tenhos dois filhos Daniel de 26 e Júlia de 15 anos. Sou Coach e Educadora Parental. Aprendi a amar essa profissão que quero para o resto da minha vida. Ajudar mães e seus adolescentes de conectarem e se amarem.

Ler conteúdo completo
Indicados para você