Blog

- 26/05/2020

Tempo com os filhos: uma oportunidade de conhecê-los melhor

Já pensou como você passa seu tempo com os filhos? Temos 4 dicas para você passar um tempo de qualidade e que ajuda a criar vínculos mais saudáveis.

Tempo com os filhos

Na correria do dia a dia, é comum que muitos pais se cobrem, constantemente, sobre a necessidade de ter mais tempo com os filhos

No entanto, poucos percebem que a ansiedade gerada por essa preocupação (que é normal) pode, na verdade, interferir na qualidade desse tempo passado juntos. 

Entre o planejamento das brincadeiras e as ideias de filmes para assistir no fim de semana, entra-se no piloto automático e as horas de diversão, mesmo que sejam muitas, não levam para o mais valioso: a criação de vínculos familiares.

O que pode ser feito de diferente, então, para que esses momentos sejam aproveitados da melhor forma possível?

Hoje, nós iremos falar sobre a importância do tempo para os filhos não só como uma forma de estar fisicamente presente na rotina, mas de criar laços essenciais para o desenvolvimento deles. Confira!

Mas o que é passar tempo de qualidade com os filhos?

Em seu artigo para a Revista Crescer, a jornalista Lia Bock, que também é mãe de quatro crianças e autora do “Meu primeiro livro”, abre um questionamento interessante:

“Qual é a linha de corte que separa um simples ‘tempo com os filhos’ do tal ‘tempo de qualidade com os filhos’?”.  

Enquanto para muitos pais a resposta está nas atividades planejadas para realizarem juntos, para a Lia (e para nós), esses momentos de proximidade são marcados pela criação de vínculos

Ou seja, independentemente da brincadeira, da conversa ou da tarefa a ser feita com eles, o mais importante é deixar o piloto automático de lado e permitir se envolver na realidade das crianças. 

Diariamente, principalmente neste período de quarentena, surgem diversas oportunidades de conexão com os pequenos que passam despercebidas por conta da ansiedade dos pais – seja em relação ao trabalho ou à própria criança.

Quem nunca se cobrou por não conseguir ver um filme com o pequeno no fim de semana? Ou então ajudá-lo na lição de casa, não é mesmo?

A grande questão é que não existe uma fórmula exata para aproveitar o tempo com os filhos e conhecê-los melhor. 

Porém, se tiver abertura para enxergar essas oportunidades no cotidiano, tudo fica muito mais leve e fácil. 

4 oportunidades de passar tempo com os filhos e conhecê-los melhor

Antes de tudo, para fazer diferente e começar a criar esses vínculos com as crianças, sugerimos que você esteja consciente dos momentos que vive com elas

Esteja disposta ou disposto a conhecer seu filho em cada pequena situação. Observe como ele lida com os desafios do dia a dia, o aprendizado, novas ideias e, principalmente, suas próprias emoções.

Abaixo, nós listamos quatro oportunidades de passar tempo com os filhos que, além de simples, são muito tranquilas de vivenciar em uma rotina dentro ou fora de casa.

1. Aproveite as tarefas do dia a dia

Do acordar até a hora de dormir, muitas situações acontecem para a criança em um dia. Ela faz refeições, toma banho e arruma o quarto, por exemplo. 

Sendo assim, ao acompanhar essas pequenas tarefas, é possível gerar momentos com diálogos incríveis sobre tudo o que o seu pequeno vivencia e aprende em sua rotina.  

Com isso, você participa mais de perto do seu desenvolvimento, enquanto ele se sente mais valorizado e confiante em compartilhar seus interesses e conquistas com a família.

2. Gere momentos de colaboração

Ter tempo para os filhos não significa, necessariamente, se envolver apenas nas brincadeiras e atividades que eles estão acostumados a fazer.

Você pode aproveitar o momento em que se ocupa das tarefas de casa, por exemplo, para convidar o seu pequeno a colaborar com ações simples. Chame-o para arrumar a mesa do almoço, ajudar a organizar algum cômodo ou regar as plantas.

Essa participação na rotina da família faz com que ele se sinta mais útil, autoconfiante e próximo da sua realidade também. 

3. Busque entender as emoções da criança

Assim como os adultos, as crianças também vivem intensamente suas emoções e precisam ser acolhidas para que se sintam seguras.

No convívio em casa ou em outros ambientes, existirão momentos de alegria, raiva, tristeza ou medo. Tudo isso pode ser muito marcante e precisam ser entendidos tanto pelos pequenos quanto pelos pais.

Por isso, é importante que, a cada emoção aflorada, você tente se colocar no lugar do seu filho, compreender o que ele passou e fazer com que se sinta acolhido.

Esse é o primeiro passo para um processo maior de educação das emoções, que visa ensinar a reconhecer as reações e a gerar mais equilíbrio diante de cada uma delas. 

4. Divirtam-se juntos!

É claro que também não poderíamos deixar de falar das brincadeiras como oportunidade de ter mais tempo com os filhos. 

Afinal, elas também são essenciais para o desenvolvimento, aprendizado e diversão das crianças!

O importante é que, ao pensar em uma atividade de entretenimento para realizar com os pequenos, você aposte em opções que agradem a todos os envolvidos e se jogue com tudo nesses momentos de animação.

Inclusive, para ajudar na escolha das brincadeiras para a quarentena (ou depois para as férias e feriados), nós indicamos o nosso artigo “Crianças em Casa“, com 10 atividades para entreter os pequenos.  

Temos certeza de que as crianças irão amar as ideias e, principalmente, os momentos de conexão familiar que vocês criarão.

Aliás, se precisar de uma ajudinha para reforçar ainda mais esses vínculos e o tempo com os filhos, conte com a gente!

Aqui na Box Cambalhota, nós propomos um novo jeito de se divertir em família com o desenvolvimento de caixas com jogos e brincadeiras para crianças a partir de 4 anos. 

Além disso, também preparamos um material de apoio para os pais, com o objetivo de ajudar a proporcionar esses momentos de união. Assine agora mesmo ou escolha a sua caixa avulsa!

Banner para assinatura box Cambalhota no artigo "Tempo com os filhos"

 


cambalhota

Time Cambalhota

A sintonia do nosso time é tanta, que em muitos casos os textos são desenvolvidos a 4, ou até mesmo, 6 mãos. Nesses casos assinamos como Cambalhota, nosso mascote mais que especial. Esperamos que tenham gostado do texto. Se sim, deixem um comentário pra gente! Críticas e sugestões também são super bem-vindos. Obrigada! Um beijo, Carol, Adriana e Valéria - Sócias-fundadoras da Box e Mundo Cambalhota

Receba nossas novidades por e-mail