[ editar artigo]

A criança entediada na era da produtividade

A criança entediada na era da produtividade

Estamos constantemente sendo cobrados pela nossa performance no trabalho, em casa, em nosso âmbito social etc. Desde cedo, estimulamos as crianças a realizarem o máximo de atividades, sem deixar espaço para o ócio, sem deixar a criança entediada.

Dessa forma, não ensinamos as crianças a lidarem com suas próprias emoções e, muito menos, a desenvolverem sua imaginação para criar novas brincadeiras e histórias.

Como resultado, nesse tempo de isolamento social ocasionado pela pandemia do novo Coronavírus,  muitas famílias estão tendo que aprender a lidar com crianças entediadas e ansiosas.

Portanto, o papel das mamães e dos pais é fundamental para ajudar a transformar o tédio em um tempo de qualidade.

Continue acompanhando com a gente para saber como usar o tédio a favor das crianças

Criança entediada - Tem como acabar com o tédio?

Segundo a psicóloga Ana Lídia Fonseca Zerbinatti, em um artigo publicado pela Escola da Inteligência, criamos e utilizamos diversos recursos tecnológicos para nos livrar do tédio.

Por exemplo: se estamos na fila do mercado ou na sala de espera do dentista, logo pegamos o celular para nos distrair. E isto acontece também com as crianças.

Desde nossa infância, somos estimulados a nos envolvermos com diversas brincadeiras, atividades e, mais comum hoje em dia, com as telas.

Ainda de acordo com a psicóloga, isso nos afasta dos momentos de solitude e interiorização, tão importantes para nosso desenvolvimento pessoal.

Assim, crescemos com grande dificuldade de saber como reagir a diversas situações como uma decepção amorosa ou um conflito no trabalho, por exemplo.

Afinal, é impossível não vivenciar o tédio em algum momento da vida.  Então, é preciso ensinar as crianças a lidarem com ele e a tirarem o melhor proveito possível destes momentos.

Como ensinar as crianças a aproveitarem o tédio?

Algumas atitudes das mamães e dos papais podem ajudar as crianças a aproveitarem os momentos de "tédio".

Desta forma, elas poderão vivenciar o sentimento de satisfação e, ainda, poderão contemplar o prazer de não fazer nada.

Selecione uma quantidade ideal de brinquedos

Quanto mais opções de brinquedos a criança tem, mais depressa ela se sente entediada. Isso porque, em meio a tantas possibilidades, a criança não se concentra e, quando as opções se esgotam, ela se entedia, já que não sabe mais o que fazer.

Com uma quantidade reduzida de brinquedos, o pequeno é estimulado a usar a criatividade para usufruir de todas as possibilidades de cada item.

Cuidado com a sobrecarga de afazeres

De uma forma geral, temos cada vez mais cobrado um esforço que, muitas vezes, ultrapassa os limites das crianças.

Assim, os pequenos ficam com uma agenda lotada de tarefas e um esgotamento físico e mental. são educadas para ter pouco tempo livre, elas se tornam adultos menos criativos, mais robotizados, e que precisam estar ocupados o tempo todo.

Tenha equilíbrio com o uso da tecnologia

O excesso de uso de dispositivos eletrônicos contribui para que os pequenos se sintam entediados facilmente. Isso porque a tecnologia oferece muita comodidade.

Por exemplo, quando um desenho no Youtube termina, outro começa em seguida. A criança ainda pode escolher o que quer assistir com um simples clique.

Portanto, incentive a criança a substituir os entretenimentos disponíveis em tablets e celulares por atividades lúdicas que estimulem a sua imaginação.

Insira momentos livres na rotina

Ter momentos livres é essencial para o desenvolvimento da criança. Por isso, é importante que ela aprenda a encontrar soluções próprias para se autoentreter e apreciar o não fazer nada.

Crie um local seguro em que as crianças possam ficar à vontade, sem a necessidade de serem supervisionadas a todo momento.

Mas lembre-se: sozinho não é abandonado. Tenha sempre atenção aos brinquedos que estão no espaço, aos móveis e, quando não estiver no quarto, fique atenta aos sons.

Caso o pequeno te chame, avise-o que em breve poderá ir até ele, mas recomendamos ir até o ambiente, sem barulhos, apenas para conferir se está tudo bem.

Dessa forma, seu filho poderá desenvolver uma relação de independência das diretrizes, desenvolvendo sua liberdade de criar e transformar o tédio em um momento muito divertido.

 

Divida o momento de ócio com a criança

Neste período de quarentena, momentos de união são ainda mais importantes.

Por isso, que tal convidar a criança entediada para uma atividade simples e feita para estimular o aprendizado?

Por exemplo, o Ebook Quarentena com o Joca foi pensado com muito carinho em atividades para as crianças desenvolverem durante o período que você estiver em home office.

Enquanto você está concentrado em seus projetos, no computador, telefone, Whatsapp, as crianças sentam para fazer as atividades. Assim, ambos estarão focados e desafiados por seus afazeres.

Se precisar de uma ajudinha para reforçar ainda mais esses vínculos e o tempo com os filhos, conte com a gente!

Aqui na Box Cambalhota, nós propomos um novo jeito de brincar em família com o desenvolvimento de caixas com jogos e brincadeiras para crianças a partir de 4 anos.

Por meio de temas que trabalham a curiosidade, nutrição, mindfulness, contação de histórias e muito mais, nós buscamos auxiliar no desenvolvimento saudável do seu filho, sempre com muito amor e afeto.

Para isso, também preparamos um material de apoio para os pais, que facilitam esses momentos juntos. Assine agora mesmo ou escolha a sua caixa avulsa!

Mundo Cambalhota
Equipe Mundo Cambalhota
Equipe Mundo Cambalhota Seguir

Comunidade colaborativa para conectar pais e profissionais empenhados em desenvolver crianças melhores e mais felizes para o mundo.

Ler conteúdo completo
Indicados para você