[ editar artigo]

Criação com apego: conheça a criação baseada no vínculo e afeto

Criação com apego: conheça a criação baseada no vínculo e afeto

O termo “criação com apego” veio do inglês “attachment parenting”, uma teoria criada por um psicólogo britânico que defende uma criação bastante próxima dos filhos com os pais.

Ao contrário da ideia popular de que atenção demais torna os pequenos mais dependentes e até mimados, a criação com apego prega que fortalecer o vínculo emocional com as crianças colabora para um crescimento mais seguro, empático e feliz.

Ou seja, uma relação baseada em carinhos, beijos, abraços, aconchego, educação positiva e muito afeto.

Criação com apego – Construção do vínculo com amor 

Algumas pessoas podem pensar que a criação com apego e a disciplina positiva são um “conjunto de regras a serem seguidas”, mas já adiantamos que não existe uma fórmula para que a educação funcione perfeitamente em todas as famílias.

Como falamos anteriormente, a criação com apego é uma filosofia que ajuda pais a criarem vínculos com seus filhos, através da atenção consistente e amorosa das necessidades dos pequenos.

Com base na criação com apego de Sears, a organização sem fins lucrativos Attachment Parenting International (API), criou oito princípios que funcionam como ferramentas para esse estilo de criação. 


 

Criação com apego – Os Oito Princípios

Segundo a API, esses princípios não devem ser encarados como regras, mas sim como orientações para um apego saudável e seguro entre os filhos e seus pais. Os princípios são:

Prepare-se para a gravidez, para o nascimento e para tornar-se pai e mãe

Quem propõe a criação com apego acredita que é importante eliminar pensamentos e sentimentos negativos sobre a gravidez. Ao fazer isso, acredita-se que os responsáveis se preparam emocionalmente para o trabalho de ser pais.

Alimente o amor e o respeito

A amamentação é o caminho ideal para criar uma relação que passe segurança. Ela também ensina aos bebês que seus pais estarão atentos às suas necessidades. 

Responda com sensibilidade 

A criação com apego considera todas as expressões de emoções, incluindo acessos de raiva, como esforços reais de comunicação. Esses esforços devem ser levados a sério e compreendidos, em vez de punidos.

Use um toque carinhoso 

O contato afetivo estimula os hormônios de crescimento do bebê, melhora o desenvolvimento intelectual e motor, e ainda ajuda a regular a temperatura do corpo, batimentos cardíacos e padrões de sono. Amamentação, banho com carinho, massagens, abraços e aconchegos garantem no estreitamento do vínculo com a criança.

Parentalidade noturna 

Aconselha-se que os bebês durmam no mesmo quarto que os pais, para que a atenção às necessidades do bebê aconteça também durante toda a noite. No entanto, os especialistas não indicam que os pais levem os bebês para dormirem em suas camas, pois há risco de sufocamento do bebê.

Cuidado constante e amoroso

Aconselha-se a presença constante de um dos pais. A ajuda de babás ou outros cuidadores não é recomendada por mais que 20 horas por semana para bebês, nem para bebês com menos de 30 meses.

Pratique a disciplina positiva 

É preciso compreender que até mesmo o comportamento negativo de uma criança está comunicando algo. Uma das bases da disciplina positiva é encontrar soluções para os problemas do dia a dia junto com a criança, em vez simplesmente de impor sua vontade aos filhos.

Esforce-se pelo equilíbrio na vida pessoal e familiar 

Os pais são encorajados a criar uma rede de apoio e a viver um estilo de vida saudável para evitar o esgotamento que pode vir com a rotina pesada de pai e mãe.

 

Vale dizer que esse é um pequeno resumo dos princípios e você pode saber mais informações no site oficial da Attachment Parenting International (API) com textos traduzidos e adaptados por Thiago Queiroz.

Por fim, se precisar de uma forcinha para fortalecer os vínculos com seus pequenos por meio de tempo de qualidade em família,  conte com a gente!

Aqui na Box Cambalhota, nós propomos um novo jeito de brincar  em família com o desenvolvimento de caixas com jogos e brincadeiras para crianças a partir de 4 anos. 

Por meio de temas que trabalham a curiosidade, nutrição, mindfulness, contação de histórias e muito mais, nós buscamos auxiliar no desenvolvimento saudável do seu filho, sempre com muito amor, carinho e compreensão.

Para isso, também preparamos um material de apoio para os pais, que facilitam esses momentos juntos. Assine agora mesmo ou escolha a sua caixa avulsa!

Mundo Cambalhota
Equipe Mundo Cambalhota
Equipe Mundo Cambalhota Seguir

Comunidade colaborativa para conectar pais e profissionais empenhados em desenvolver crianças melhores e mais felizes para o mundo.

Ler conteúdo completo
Indicados para você