[ editar artigo]

Vínculo familiar: 5 maneiras de fortalecer o elo entre pais e filhos

Vínculo familiar: 5 maneiras de fortalecer o elo entre pais e filhos

Durante todo o desenvolvimento infantil, um dos fatores mais importantes para o crescimento saudável das crianças é o fortalecimento do vínculo familiar.

Afinal, é nos pais e irmãos (ou outros parentes próximos) que elas primeiro buscam o acolhimento, reconhecimento e afinidades que carregam por toda a vida. 

Inclusive, quando há proximidade e afeto, o processo de aprendizado e a forma como elas lidam com desafios se tornam muito mais tranquilos com o passar do tempo.

Por isso, neste artigo, nós iremos abordar como o vínculo afetivo familiar pode fazer a diferença no dia a dia da criança e cinco maneiras de fortalecer os laços com o seu pequeno. Continue a leitura para conferir!

 

Por que o vínculo familiar é tão importante?

Dentre as milhares de decisões que os pais tomam em relação a seus filhos, às vezes é comum que as preocupações e cuidados sejam mais recorrentes que os momentos de união em família, em que todos participam, se divertem e aprendem juntos.

Afinal, são tantas responsabilidades e tarefas, que os pais nem percebem que entram no piloto automático para conseguirem dar conta de tudo. 

Mas, junto a todo esse processo, que é natural, também é importante dedicar tempo e atenção aos acontecimentos do dia capazes de fortalecer o vínculo familiar.

Isso porque, segundo o pediatra Cid Pinheiro, em entrevista para a Revista Crescer, as crianças que possuem laços fortes com seus pais desenvolvem melhor a capacidade de aprender e se relacionar com outras pessoas.

Sua teoria é, inclusive, comprovada por uma pesquisa publicada na Finlândia em 2017. O estudo, que acompanhou 700 famílias por sete anos, afirma que naquelas em que as relações eram mais saudáveis e próximas, os filhos tinham mais facilidade de educar as próprias emoções.

Ou seja, é no convívio em família que os indivíduos começam a se formar e, principalmente, aprendem a lidar com seus próprios conflitos e com os desafios de cada etapa da vida.

Mas em uma rotina corrida e cheia de compromissos, como é possível desenvolver o vínculo familiar com os pequenos? Bem, a resposta é mais simples do que você imagina e nós contamos a seguir.

 

5 maneiras de fortalecer o vínculo afetivo familiar

A construção do vínculo familiar é uma tarefa constante, que se desenrola nas atividades cotidianas dos pequenos, nos cuidados e, principalmente, no tempo de qualidade que você passa com seu filho.

Apenas estar perto fisicamente ou cumprir as responsabilidades do dia não garante que vocês estão, de fato, próximos e emocionalmente ligados.

Por isso, é essencial que você saiba aproveitar as oportunidades do dia a dia e esteja consciente de cada momento que vivem juntos. 

Abaixo, nós selecionamos cinco situações cotidianas que podem ajudar a fortalecer o vínculo afetivo familiar e, consequentemente, cooperar para o desenvolvimento saudável do seu filho. Confira!

 

1. Participe das atividades do seu filho

Quando falamos sobre participar, a nossa sugestão é ir além de levar à escola, à aula de natação ou outros compromissos durante a semana. 

Todos os dias as crianças descobrem e aprendem coisas novas que adorariam compartilhar com a família, seja por meio de uma conversa na hora do jantar ou de uma tarefa realizada em conjunto.

Cada etapa de desenvolvimento exigirá uma forma de atenção diferente, é claro, mas se você estiver presente nas lições de casa, nas atividades da escola ou no processo de alfabetização, por exemplo, a aquisição de novos conhecimentos se tornará muito mais leve e natural.

Além disso, quando você demonstra interesse pela vida do seu filho e suas conquistas diárias, os laços de confiança se tornam mais fortes e ele se sente mais valorizado. 

 

2. Aprendam algo juntos

Aproveitar essa fase de desenvolvimento das crianças para aprender junto a elas também é um passo muito importante para a criação do vínculo afetivo familiar.

Dessa maneira, vocês podem buscar cursos para fazerem na companhia um do outro (como música, dança ou artes) e tornar as novas conquistas ainda mais significativas.

Ou então, também é possível separar um dia da semana para testar novos experimentos em casa, seja na culinária, jardinagem ou em brincadeiras de Do It Yourself (DIY).

 

3. Deixe que seu filho ajude na casa

Para criar momentos de proximidade com seu filho, você não precisa, necessariamente, parar todas as suas tarefas de casa.

Pode apostar que a criança gostará de colaborar no que for possível e, inclusive, se sentirá bastante útil e autoconfiante quando você a convidar para fazer parte da sua realidade.

Pequenas atividades diárias, como arrumar a mesa do almoço ou organizar objetos em um cômodo da casa, já serão um grande passo para seu pequeno e irão abrir portas para que você converse, ensine e aprenda com ele. 

 

4. Demonstre afeto e empatia

O vínculo familiar é formado, principalmente, pelos laços emocionais que os pais criam com os filhos desde o nascimento.

Sendo assim, a cada fase de desenvolvimento da criança, é importante sempre buscar entender o que ela sente em relação aos desafios que vivencia e como você pode ajudá-la nesse processo.

A demonstração de afeto e empatia faz com que os pequenos se sintam acolhidos em casa. Da mesma forma, conversar sobre as emoções, principalmente as ruins, faz com que eles as compreendam e as controlem melhor diante de conflitos.

 

5. Programem atividades em família

Estar mais presente no dia a dia do seu filho não exclui, é claro, a programação de outras atividades divertidas em família

Seja para assistir os filmes favoritos de vocês ou brincarem juntos, esses momentos são essenciais para que vocês se sintam mais conectados e o seu pequeno tenha um desenvolvimento infantil mais saudável.

Além disso, essa programação também pode envolver passeios ou viagens para conhecer novos lugares. O importante é que todos participem, se divirtam e criem memórias importantes juntos.

 

Inclusive, se precisar de uma ajudinha para fortalecer o vínculo familiar com o seu filho por meio do lazer e do aprendizado, conte com a gente!

Aqui na Box Cambalhota, nós propomos um novo jeito de vivenciar momentos em família, com o desenvolvimento de caixas com jogos e brinquedos educativos para crianças a partir de 4 anos.

Junto a esses materiais, que são temáticos, também enviamos conteúdos de apoio para auxiliar os pais a reforçar o vínculo familiar e os laços de amor com os pequenos. Assine agora mesmo ou escolha a sua caixa avulsa!

Mundo Cambalhota
Equipe Mundo Cambalhota
Equipe Mundo Cambalhota Seguir

Comunidade colaborativa para conectar pais e profissionais empenhados em desenvolver crianças melhores e mais felizes para o mundo.

Ler conteúdo completo
Indicados para você