[ editar artigo]

Brincar sozinho faz bem? Entenda a importância desse momento para os pequenos

Brincar sozinho faz bem? Entenda a importância desse momento para os pequenos

As brincadeiras são essenciais para o desenvolvimento das crianças em diversos aspectos. Embora realizar atividades lúdicas com os pais e outras crianças seja importante para criar vínculos, brincar sozinho também pode oferecer diversos benefícios para o crescimento saudável.

Ao brincar, a imaginação das crianças é estimulada e, assim, elas criam inúmeras histórias, contextos e personagens.

Por isso, criar um espaço para a criança brincar e descobrir por conta própria é significativo no seu desenvolvimento.

Neste artigo, nós iremos conversar um pouco mais sobre como o brincar sozinho pode fazer a diferença no crescimento da criança e como incentivar as brincadeiras individuais. Continue a leitura para conferir!

 

Porque brincar sozinho é importante?

Primeiramente, precisamos deixar evidente que dar espaço para a criança brincar individualmente, não exclui a importância das brincadeiras em família para estreitar o vínculo familiar.

Entretanto, estimular a criança a se divertir sozinha em certos momentos, ajuda no desenvolvimento de habilidades em aspectos como criatividade, imaginação, autonomia e confiança.

Durante o tempo em que ela está brincando sozinha, ela consegue organizar suas ideias, estimular o faz de conta e aprende a lidar com suas próprias emoções.

Vale ressaltar que “estar sozinho” não deve significar uma fuga para situações que causem insegurança nas crianças, como fazer novos coleguinhas, participar de atividades interativas, entre outros.

Mas sim, aproveitar esses momentos para estimular as habilidades por meio da criatividade e da segurança.


Benefícios de brincar sozinho

 

Estimula a criatividade

Toda mamãe, papai e tutor sabe que as crianças são naturalmente criativas e têm uma imaginação enorme.

Por isso, ao brincar sozinho, o pequeno estará livre para ser o protagonista do seu próprio mundo fantástico, bem como das suas histórias, conversas etc.

Ao participar das brincadeiras, os adultos podem assumir as rédeas desse processo criativo, mesmo sem querer, e interferir na livre imaginação das crianças.

 

Ajuda no desenvolvimento da independência social

A capacidade de se entreter em brincadeiras individuais é uma das primeiras formas de independência social dos pequenos.

Assim, ele passa a entender que não precisa de adultos ou de coleguinhas a todo momento.

Essa independência é importante também para a autonomia e confiança das crianças, principalmente no futuro.

 

Tempo livre para os pais

Outra vantagem de ensinar o filho a brincar sozinho é que os adultos ganham uma pausa muito necessária.

Apesar de não ser o principal objetivo, o tempo que os pais realizam tarefas cotidianas ou atuam no trabalho, é um bom exemplo para as crianças.

Inclusive, preparamos um material com atividades para as crianças realizarem junto com os pais durante a sua jornada de trabalho.

Com o ebook Quarentena do Joca, todos irão produzir e aprender, uns trabalhando, outros colorindo e brincando!

 

Como incentivar seu filho a brincar sozinho?

O poder da criação é importante durante toda a vida, desenvolver a criatividade a partir de brincadeiras independentes ajuda na formação de crianças criativas e adultos mais capazes de enfrentar problemas.

Confira algumas dicas para estimular a capacidade do seu filho de se divertir por conta própria:

 

1 – Ambiente livre de telas

As tecnologias são um excelente suporte para as mamães, papais, familiares e até mesmo na escolinha. A facilidade de conteúdos interativos e dinâmicos é enorme!

Essa facilidade impossibilita a atração por atividades que demandem mais processos criativos.

Por isso, incentive a criança a substituir os entretenimentos disponíveis em tablets e celulares por atividades lúdicas que estimulem a sua imaginação.

 

2 – Crie um espaço seguro

Outro ponto importante é criar um espaço para as brincadeiras, em um local seguro para que as crianças possam ficar à vontade, sem a necessidade de serem supervisionadas a todo momento.

Se o adulto ficar observando, é bem provável que os pequenos se sintam retraídos em permitir que a brincadeira flua.

Lembre-se: sozinho não é abandonado. Tenha sempre atenção aos brinquedos que estão no espaço, aos móveis e, quando não estiver no quarto, fique atenta aos sons.

Caso o pequeno te chame, avise-o que em breve poderá ir até ele, mas recomendamos ir até o ambiente, sem barulhos, apenas para conferir se está tudo bem.

Se a criança estiver brincando sozinha, não interrompa a brincadeira ou diga como devem ser realizadas.

Dessa forma, seu filho poderá desenvolver uma relação de dependência com as diretrizes, diminuindo sua liberdade de criar.

 

3 – Inicie a brincadeira

A brincadeira é a principal forma de aprendizado das crianças e, por isso, pode ser iniciada pelos responsáveis.

Dessa forma, os pequenos se sentem mais à vontade para se envolver na atividade e aproveitar um tempo com os adultos.

Após um tempinho de diversão, diga que vai fazer alguma coisa e aumente o espaço de tempo até retornar ao quarto.  

 

4 - Dê o exemplo

As crianças amam observar e aprender com os adultos, seja ouvindo suas histórias ou acompanhando sua rotina.

Por isso, quando estiver lendo um livro, dê uma atividade de desenhar ou colorir para ele realizar ao seu lado.

Além de possibilitar que cada um exercite sua criatividade em atividades individuais, você cria um momento de conexão por meio de tempo de qualidade juntos.

 

Neste período de quarentena, esses momentos de união são ainda mais importantes e diversas atividades podem ser feitas para estimular o aprendizado das crianças em casa.

Aliás, o Ebook Quarentena com o Joca foi pensado com muito carinho em atividades para as crianças desenvolverem durante o período que você estiver em home office.

Enquanto você está concentrado em seus projetos, no computador, telefone, Whatsapp, as crianças sentam para fazer as atividades. Assim, ambos estarão focados e desafiados por seus afazeres.

Se precisar de uma ajudinha para reforçar ainda mais esses vínculos e o tempo com os filhos, conte com a gente!

Aqui na Box Cambalhota, nós propomos um novo jeito de brincar  em família com o desenvolvimento de caixas com jogos e brincadeiras para crianças a partir de 4 anos. 

Por meio de temas que trabalham a curiosidade, nutrição, mindfulness, contação de histórias e muito mais, nós buscamos auxiliar no desenvolvimento saudável do seu filho, sempre com muito amor e afeto.

Para isso, também preparamos um material de apoio para os pais, que facilitam esses momentos juntos. Assine agora mesmo ou escolha a sua caixa avulsa!

Banner no artigo "Brincar sozinho faz bem?" para o site do box Cambalhota

Mundo Cambalhota
Equipe Mundo Cambalhota
Equipe Mundo Cambalhota Seguir

Comunidade colaborativa para conectar pais e profissionais empenhados em desenvolver crianças melhores e mais felizes para o mundo.

Ler conteúdo completo
Indicados para você